O Samba Rock segundo o Professor Moskito


moskito
Professor Moskito

O samba rock pode ser considerado uma fusão do samba com ritmos americanos, como o bebop, o jazz e o soul. A expressão samba rock apareceu no final dos anos 60 para designar essa mistura do samba brasileiro com a harmonia americana do blues, o pai do rock. Em 1958 Jackson do Pandeiro na sua canção Chiclete com Banana usou o termo samba rock. Na década de 70, existiam várias expressões para designar o ritmo: samba jazz, sambalanço etc. Na época da Jovem Guarda, Erasmo Carlos, sofrendo o preconceito por parte dos defensores da MPB, pedia que a juventude da guitarra, além do iê-iê-iê abrisse os ouvidos ao samba, à nossa música.

O ritmo atingiu o auge nas décadas de 70 e 80, nos bailes black da periferia, ao som de Jorge Ben. Em 1970, Jorge Ben se une ao Trio Mocotó, lançando Muita Zorra, LP com hits do samba rock e 2 músicas de Roberto e Erasmo Carlos (Coqueiro Verde e O Sorriso de Narinha). Por causa da mistura entre a nossa música e a norte americana, pregada pelo movimento, este sofria muito preconceito.

O samba rock foi se fortalecendo na camada social mais baixa, dos negros da periferia, que rodopiavam majestosamente nos bailes. Atingiu sua maior força com os compositores Bebeto, Bedeu e Luís Vagner, que podem ser considerados os verdadeiros representantes dessa música. São Paulo sempre foi o maior representante desse ritmo, porém este apareceu em menor escala também no Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Outros compositores contribuíram para que o ritmo permanecesse vivo até hoje, entre eles Carlos Dafé, Marku Ribas, Itamar Assunção e Branca di Neve.

O samba rock como forma de dança sofreu influências do rockabilly dos anos 50 e 60, só que com movimentos mais suaves, sem passos aéreos, porém com muitos giros, tanto do cavalheiro quanto da dama. O samba rock, nesta reedição do movimento, está deixando seu caráter de música e dança de periferia e atingindo um público cada vez maior, chegando aos salões da moda.
Texto espelhado do site http://www.andreiudiloff.com.br/ fornecido por Inácio Loiola de Souza Júnior – Moskito

Ótimas trançadas…

Categories

7 Comments

Adicionar o seu
  1. 2
    Anonymous

    Itamar Assunção ????

    Qual e o samba rock dele ???

    sei que musica nego dito e dele

    mas cantada por ele não e samba rock

  2. 3
    Anonymous

    Em 1970, Jorge Ben se une ao Trio Mocotó heheheheheheh…….

    Foi em 1969

    hehehe

  3. 4
    Nego Júnior

    Existem várias fontes e histórias sobre a origem do ritmo. Tenho em mãos um trabalho de aproximadamente 68 páginas que estou vendo com seu autor a possibilidade de publicá-lo aqui no blog. Garanto que será muito esclarecedor. É uma obra-prima!

    Valeu pelos comentários…

  4. 5
    Anonymous

    Que bom,agora se for igual a estas que tão por ai e por aqui deixa quieto cara que e historia pra boi dormir coisa de quem se quer passou perto deste tempo

    cara sou novo na net e achei muito complicado esse troço de comentario por isso não assino

    Alemão

    ha esse negocio de baile de preto e de branco separado tbm não exitia
    o racismo sim mas pouca coisa pra pior
    e não se tinha tempo pra isso
    gradecido

  5. 6
    Calixto Júnior

    Porque então não conta a sua história pra galera? Este blog existe para isso!

    A pegada aqui é compartilhar informação para benefício de quem curte o ritmo. Você não pensa assim?

    Manda sua história para srnaveia@gmail.com que publico.

    Vamos esperar. Grande abraço!

  6. 7
    Anonymous

    opa justiça seja feita
    a historia la no parceiro de voces
    na onda do sambarock tem tudo a ver

    cara viagei lendo a historia tanto que sempre to la lendo ela dinovo

    agora a contar minha historia!!!!
    chiiii não sei não deixa eu me familiarizar com esse troço de internet

    gradecido

    alemão

+ Deixe um comentário